Como conciliar o papel de Mãe e Empresária?

Mãe e empresaria , sim é possível.

Como conciliar o papel de Mãe e Empresária?

 

Não é nada fácil ser Mãe e Empresária ao mesmo tempo!

Muitas mulheres, depois da maternidade, deixam aflorar seu lado empreendedora. Isso porque, a possibilidade de trabalhar e ainda poder acompanhar de perto o crescimento dos filhos é sinônimo de tranquilidade para a maioria delas. A vida de mãe e empresária pode ser conciliada, basta se preparar para isto.

 

Mas não pensem que é tudo uma maravilha. Conciliar o papel de empresária e mãe não é tarefa das mais fáceis. Anaí Mendonça, mãe de dois meninos um de 8 e o outro de 3 anos, conta que precisa de ajuda de outras pessoas para dar conta de tudo. Atualmente o Brasil conta com mais de 45% de mulheres empreendedoras.

 

 

“Além da escola, conto com a ajuda da minha mãe para ficar com as crianças no outro período, do meu marido que ajuda com algumas coisas e ainda uma empregada em casa.” Revela a fotografa que decidiu abrir seu próprio negócio depois do nascimento do segundo filho.”

Mãe e empresaria, é preciso muito organização para dar certo.

Mãe e empresaria, é preciso muito organização para dar certo.

Para facilitar a vida de todas essas mulheres preparamos algumas dicas para tonar mais simples e eficaz os dois papéis:

Apoio da família: antes da futura empreendedora pensar em montar seu negócio ou trabalhar em casa é importante que a família tenha aprovado e apoie a ideia.

Segundo a psicóloga Priscila Cutrim qualquer tipo de mudança gera conflito, medo, angústia e insegurança. “O apoio da família é o que torna essa decisão menos conflituosa.” 

 

Mobilidade: invista em aparelhos que podem te manter atualizada em qualquer lugar como na fila de um banco, na sala de espera de um médico, etc. Você vai ganhar muito tempo se aproveitar esses intervalos adiantando alguma coisa do trabalho ou mesmo lendo alguma coisa interessante.

Delege funções: a mulher precisa definir prioridades e para dar conta de tudo é necessário delegar algumas funções, como por exemplo as tarefas domésticas ou as compras do supermercado.

Disciplina e organização: itens fundamentais para que a empresa dê certo. Segundo Ana Afonso que é consultora em organização pessoal, a mãe/empresária precisa organizar todas as atividades em uma agenda e cumpri-la. Além disso estabeleça horário de início e término do expediente, mesmo que ele seja flexível e tenha diversas pausas.

Local apropriado: toda empresa, mesmo as que somente prestam serviço, devem possuir um local apropriado para o desenvolvimento da atividade comercial. Além disso, facilita você a se sentir mais concentrada no trabalho.

Descanso: não é porque não tem patrão ou um dia de folga determinado que não se deve descansar. Os momentos de lazer são tão importantes para que seu negócio dê certo quanto os momentos de trabalho. A psicóloga Priscila ressalta que corpo e mente andam juntos, se um adoece o outro também sente.

Cuidado com a culpa: é raríssimo encontrar uma mãe que não fique se perguntando se está tomando as decisões certas. Isso é normal e vai te acompanhar por toda a maternidade. O importante é não deixar a culpa interferir nas decisões da empresa que devem ser tomadas sempre com a razão.

Fonte: Estação Sebrae/Bárbara Vitoriano

No Comments

Post A Comment