Projeto Urihi Cerrado: Hinova Bio faz levantamento de fauna e flora em área adotada no interior de MG

Projeto Urihi Cerrado: Hinova Bio faz levantamento de fauna e flora em área adotada no interior de MG

Tem novidade na área de Cerrado adotada pela Hinova Bio em Itambé do Mato Dentro, interior de Minas Gerais. Já está sendo feita uma análise aprofundada de toda a área que abrigará futuramente a reserva biológica Urihi, com objetivo de entender as características e as principais ações que precisarão ser adotadas no espaço.

Perto de concluir o trabalho de georrefenciamento do território, a Hinova Bio também está realizando a identificação da fauna presente nos mais de 60 mil m² de área. Cachorro-do-mato (Cerdocyon thous), Gambá-de-orelha-branca (Didelphis Albiventris), Morceguinho-do-cerrado (Lonchophylla dekeyseri), Cochicho (Anumbius annumbi) e Irara (Eira barbara) são algumas das espécies já encontradas.

Cachorro-do-mato (Cerdocyon thous) e Irara (Eira barbara) – Foto: Reprodução

Paralelamente aos estudos citados, a equipe Hinova Bio desenvolve um levantamento secundário para verificar as árvores nativas e catalogar as regiões que mais sofreram com desmatamento para que, no futuro, seja feito o plantio de mudas para recuperação das áreas degradadas.

E uma curiosidade: majoritariamente uma área de Cerrado, o espaço adotado pela Hinova Bio também conta com áreas de Mata Atlântica, outro bioma comum no Brasil. Além disso, há na reserva uma mata ciliar, que é uma floresta presente nas margens de rios, represas ou lagos.

A previsão é de que todas as análises da área sejam finalizadas até março de 2022 para que as ações efetivas comecem a ser realizadas pela Hinova Bio.

Área adotada pela Hinova Bio tem mais de 60 mil m² – Foto: Reprodução

Acompanhe a Hinova Bio!

Fique por dentro de todos os passos da Hinova Bio em primeira mão no Instagram oficial da iniciativa!

Acesse instagram.com/hinovabio e siga o perfil oficial!

No Comments

Post A Comment